top of page
  • Writer's pictureNEXO Património Cultural

A utilização de drones em Património Cultural. Salvaguarda, Registo e Divulgação.

Updated: Apr 25

Nas últimas décadas a utilização de Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), mais conhecidos por Drones, tem vindo a afirmar-se como uma importante ferramenta na Prevenção, Salvaguarda e Registo do Património Cultural.


Ainda que a captação de imagens aéreas não seja algo propriamente novo, a facilidade com que se percorrem distâncias consideráveis aliada à aquisição de diferentes perspetivas - vistas aéreas de sítios e monumentos - a baixo custo, tem vindo a ser apontadas como algumas das principais utilidades dos drones, para além das vantagens, em termos de rigor e tempo, no registo.


Na fotogrametria de Edificado, a utilização dos drones têm-se revelado um recurso de elevado potencial no registo e produção de modelos tridimensionais.

No campo da Divulgação, o recurso a drones tem vindo a permitir que o Património seja encarado como um Bem de fácil acesso e de reconhecimento público.




A partir dos levantamentos fotográficos podem ainda ser elaborados produtos cartográficos, topográficos, modelos digitais de terreno - de superfície tridimensionais (com extracção das respetivas curvas de nível) - e mosaicos de ortofotos, de alta resolução.



Mais recentemente os drones têm vindo a ser equipados com câmaras de alta resolução o que permite a aquisição de dados com elevada qualidade e rigor, tornando-se numa ferramenta essencial na Deteção Remota e subsequentemente na defesa e salvaguarda do património arqueológico e edificado.


Comments


bottom of page